Livraria da Pena


Destaques Paisagísticos

| Geossítios

Sobre

Para chegar à Livraria da Pena, a partir da aldeia homónima, deve percorrer-se o antigo caminho que segue ao longo do ribeiro da Pena, o lendário “caminho onde o morto matou o vivo”. Após subir uma pequena elevação surge aos olhos do visitante uma espécie de vale encantado, com paisagens deslumbrantes, onde se podem encontrar árvores raras, endemismos, rastos de trilobites, degraus laboriosamente esculpidos nas rochas, cascatas e livrarias. A Livraria da Pena é um geossítio composto por imponentes estratos quartzíticos, que se encontram aqui de tal forma expostos e verticalizados, que se assemelham a um conjunto de livros expostos na prateleira de uma qualquer livraria. Estes afloramentos quartzíticos contam histórias muito antigas, com cerca de 480 milhões de anos, altura em que esta região se localizava nas margens pouco profundas de um Continente já inexistente – O Gondwana – em latitudes então muito próximas do Polo Sul.


Acesso ao ponto de interesse: 500m a pé; difícil; c/ guia