Território

Bem-vindo às Montanhas Mágicas!

Localizadas no centro/norte de Portugal continental, entre os rios Douro e Vouga, as Montanhas Mágicas encontram-se numa posição de transição entre o litoral e o interior do país. Com 1.688,6km2 de área geográfica (cerca de 2 vezes o arquipélago da Madeira) este território acolhe cerca de 127.000 habitantes orgulhosos da sua história e do seu património natural e cultural.

Património natural
As Montanhas Mágicas® abrangem as serras da Freita, Arada e Arestal, pertencentes ao maciço da Gralheira, e a serra do Montemuro, inserida no maciço com o mesmo nome.
Território de excecionais valores naturais, certificado como destino turístico sustentável, desde novembro de 2013, engloba quatro sítios da Rede Natura 2000 e um geoparque da UNESCO, pautando-se pela oferta de um modelo turístico responsável e sustentável, focado no ecoturismo, no geoturismo e no turismo ativo.
A singularidade dos fenómenos geológicos que aqui ocorrem, a notável biodiversidade que alberga, e as particularidades da sua geomorfologia, fazem das Montanhas Mágicas® um destino de excelência para a observação e interpretação da natureza e para a realização de inúmeras atividades de desporto e aventura, entre as quais se destacam o rafting, o kayaking, a canoagem, o canyoning, o pedestrianismo e o BTT. 


Património cultural
Ocupado desde tempos pré-históricos, por todo o território são visíveis vestígios arqueológicos e monumentos que testemunham a sua longa história: enigmáticas gravuras rupestres de arte atlântica, monumentos megalíticos, pontes e vias romanas, mosteiros e templos medievais, santuários e igrejas de toda a feição, aldeias típicas de xisto e granito, minas históricas e muito mais. 


Situação geográfica
Unido pelos maciços do Montemuro e da Gralheira, o território encontra-se numa posição de fronteira entre o norte e o centro de Portugal continental e entre o litoral e o interior.


Organização administrativa
As Montanhas Mágicas abrangem 80 freguesias distribuídas por 7 municípios: Arouca, Castelo de Paiva, Castro Daire, Cinfães, São Pedro do Sul, Sever do Vouga e Vale de Cambra.


Superfície
1.688,6 km2


População
126.929 habitantes (Censos 2011)


Idioma
Português


Moeda
Euro (€)


Religião
Maioritariamente católica


Clima
Devido às elevadas variações de altitude, as Montanhas Mágicas apresentam fortes contrastes térmicos e pluviométricos entre os seus vales e o topo das suas serras, revelando algumas particularidades ao nível do clima, por vezes húmido e frio, típico de zonas montanhosas. 
Nas zonas de vale, o clima é geralmente temperado, variando entre os 0°C, no limite do inverno, e os 30°C, no verão, sendo moderado no outono e na primavera. A temperatura média anual varia entre os 7,5°C e os 16°C, com aproximadamente 2.500 horas de sol por ano.
Na cadeia montanhosa do Montemuro, Arada e Gralheira, os invernos são geralmente rigorosos, com temperaturas negativas, sendo frequente nevar, especialmente na serra do Montemuro.
A pluviosidade varia entre os 75 e os 100 dias/ano de precipitação, distribuindo-se com alguma variação pelos meses de Inverno.